Thursday, September 11, 2008

Breve Crônica da Aceitação



Fernando Meirelles apresenta Ensaio Sobre a Cegueira, José Saramago o aceita. Há uma intimidade nessas imagens que supera o constrangimento e chegam à beleza. Lisboa, maio 2008.

8 comments:

Eduardo Valente said...

tá, mas pra quê a câmera lá?

CinemaScópio said...

er... pra mim, a imagem é melhor do que a divulgação.

Moisés said...

A música do filme passa a ser parte da situação em si e, junto do beijinho na careca, me deixa constrangido demais.

Diego Maia said...

Foi filmado pelo filho dele. Disse que foi algo espontâneo, sessão terminou, filho ligou a câmera, saiu isso.

Eduardo Valente said...

sei lá, acho que colocar isso na web pra mim é como divulgar o seu importante "trabalho beneficiente". um meio que anula o outro. pra mim mostra o que eu sempre soube: que a relação do Meirelles com as imagens, por mais instintiva que seja, ignora um monte de coisas que, se raciocinando um pouquinho, percebemos como desnecessárias e borderline erradas.

João Solimeo said...

Bonito. Gostaria que o filme tivesse momentos sutis como este.

O alívio do Meirelles é enorme, hehe. Cá entre nós, não deve ser nada fácil assistir ao próprio filme ao lado do autor assim (e vice versa). Creio que a maioria dos problemas do filme (que são vários) vem da vontade do Meirelles em agradar. Uma pena.

Eduardo Abreu said...

Ainda bem que eu não sou tão crítico. Fiquei emocionado com a cena. Fazer o quê?

rgzzz said...

revelador. em váááááários sentidos. e mais emocionante do que o filme mil vezes -- tbem em váááááários sentidos.