Monday, May 25, 2009

Obrigado


Barcelona

Em Barcelona, conexão, vi agora a reação à cobertura esse ano, obrigado eu. Escrevam mais...

Festival foi excelente, e ainda tive a ajuda e companhia de Emilie, sem falar nos encontros anuais e trocas de idéias com os amigos estrangeiros, sem falar nos brasileiros, especialmente Valente da Cinética, Leo da Filmes Polvo e ainda Fernanda Taddei, de luxo.

Para lembrar que a cobertura existe por causa da parceria entre o Jornal do Commercio no Recife e a Aliança Francesa.

Ainda amanhã, devo postar mais alguma coisa de Cannes, talvez até um outro vídeo. Meu filme preferido não ganhou, devo escrever sobre ele - The Time That Remains, de Elia Suleiman.

Vim lendo agora no primeiro vôo o que os americanos chamam de "vanity piece" (obra oriunda da vaidade humana) - La Vie Passera Comme Un Rêve, as memórias cinefílicas de Gilles Jacob, "Citizen Cannes", diretor artístico do festival durante mais de 30 anos (passou a bola para Thierry Fremaux).

O livro está me pegando pelo tom curiosamente franco de expor opiniões sobre filmes e cineastas, e oferece uma visão interna de Cannes e da natureza humana projetada no cinema. Eu estou realmente querendo voltar para casa e retomar outras coisas, mas ainda não consegui sair do festival em si. K.M.F

PS: a Mahnohla Dargis do NY Times pirou com Enter The Void, do Gaspar Noé. Aparentemente, ela não usa iTunes.

6 comments:

Marco Rodrigo said...

Eu também aproveito para elogiar a ótima cobertura. Desde 2002 me sinto em Cannes lendo seus textos. Este ano me pareceu um festival especial, aguardo ansiosamente a estreia de vários no Brasil.
Tomara que ano que vem seja melhor ainda.

SauloB said...

Assim como o Marco sempre acompanho o festival através da sua cobertura Kleber. Obrigado você e parabéns pelo ótimo trabalho

Murilo said...

Saborosos os textos, vídeos e fotos, Kleber. Parabéns mesmo, cobertura muito rica. Bom essa coisa de ter o primeiro relato do filme, o primeiro impacto, depois o texto completo ordenando as ideias. Belo trabalho. O ano promete, ainda temos o novo Mann e o novo Scosese, além de todas as jóias de Cannes que espero ver por aqui.

Cerveira said...

Com todos esses recursos é um privilégio acompanhar o festival por aqui, valeu mesmo! Deve ter sido bastante divertido também, parabéns...
abração

CinemaScópio said...

Eu tinha uma idéia de chamar Valente p gente fazer uns bate bolas em video, mas era difícil arranjar tempo, e no final de semana, estava tão cansado que ia ficar gaguejando com cara de vegetal. Uma pena, mas foi bom.

Foi divertido demais, tudo.

Eduardo Valente said...

uma grande vantagem dessa cobertura ampla de Kleber (e Emilie, a moça trabalhou pacas!!!), com vídeos e notícias nesse clima de blog muitas vezes (além de alguns textos fodas), é que pra mim pelo menos me fazia sentir livre na Cinética pra ir só aos filmes e minhas impressões deles, porque sabia que a parte dos extra-filme estariam muito melhor por aqui. parece bobagem, mas ajuda pacas.